25 anos do assassinato de Daniella Perez

Estadão Acervo

28/12/2017 | 10h39   

Jovem atriz foi morta por colega de elenco; relembre crime que chocou o País

Nesta quinta-feira, 28, a morte da jovem atriz Daniella Perez completa 25 anos. Em 28 de dezembro de 1992 , seu colega de elenco na novela De Copo e Alma da rede Globo, Guilherme de Pádua e a esposa, Paula Thomaz assassinaram a atriz. A vítima recebeu18 punhaladas, os golpes atingiram seu pulmão, coração e pescoço. O crime bárbaro chocou o País. Em meio ao luto a mãe de Daniella, a celebrada autora de novelas Glória Perez iniciou uma campanha pela punição dos responsáveis.  

O Estado de S.Paulo - 30/12/1992

 

 

Pádua foi condenado há 19 anos de prisão pela assassinar Daniella Perez. Paula Thomaz foi condenada a 18 anos. O ex-ator deixou  prisão em 1999, após cumprir sete anos da pena em regime fechado.  

#Assine |  # Licenciamento de conteúdos Estadão |

# Siga: twitter@estadaoacervo | facebook/arquivoestadao | Instagram

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.