Pronunciamento de Dilma provocou panelaço em 2015

Liz Batista e Edmundo Leite - Acervo Estadão

17/03/2020 | 22h33   

Protesto em 8 de março começou após a ex-presidente defender ajuste fiscal

Os panelaços contra o presidente Jair Bolsonaro na noite desta terça-feira, 17, remetem aos protestos contra a ex-presidente Dilma Rousseff em 2015. Na noite de 8 de março daquele ano, a presidente fez um pronunciamento em rede nacional de televisão para comemorar o Dia Internacional da Mulher e defender um ajuste fiscal para recuperar a economia brasileira. Foi o primeiro de uma série que seguiu-se até o processo de impeachment da presidente no ano seguinte.

Na capa do jornal do dia seguinte, outro destaque era a vitória do Corinthians sobre o São Paulo em jogo que o goleiro Cássio defendeu pênalti cobrado por Rogério Ceni. Por causa do jogo, alguns chegaram a pensar que os panelaços contra Dilma eram alguma comemoração esportiva.

Estadão - 9/3/2015

Panelaço contra DIlma em 8 de março de 2015.

Panelaço contra DIlma em 8 de março de 2015. Foto: Acervo Estadão

Estadão - 9/3/2015

Panelaço contra Dilma Rousseff em 2015

Panelaço contra Dilma Rousseff em 2015 Foto: Acervo Estadão

Acervo Estadão

Todas as edições | Censuradas | Tópicos | Personalidades | Lugares | Páginas da História